terça-feira, dezembro 7, 2021
spot_img
HomeGamesValve quer que Steam Deck rode Windows 11 sem problemas do TPM

Valve quer que Steam Deck rode Windows 11 sem problemas do TPM

O Steam Deck será lançado com o Steam OS instalado de fábrica, porém os usuários terão liberdade para substituir o sistema operacional pelo Windows 10 sem muito esforço. Agora, a empresa está trabalhando junto com a AMD para levar o Windows 11 ao dispositivo, sem os problemas de compatibilidade causados pelos chips TPM (Trusted Module Platform).

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

Em resumo, os módulos TPM são integrados à placa mãe dos computadores e garantem mais segurança ao usuário e privacidade sobre o hardware usado na máquina. Para instalar o Windows 11, a Microsoft exige que o PC tenha esses chips — requisito ignorado pela Valve durante o desenvolvimento do Steam Deck.

Até então, o foco da Valve estava em otimizar o PC portátil para que ele rodasse tanto o Steam OS quanto o Windows 10 sem problemas. Com a chegada da nova versão do sistema da Microsoft e de diversos problemas de compatibilidade com os chips TPM, a desenvolvedora precisou mudar alguns planos.

“Estamos trabalhando no TPM agora mesmo. Até agora, focamos tanto no Windows 10 que não avançamos muito nisso. Nossa expectativa é conseguir resolver essa questão”, disse o designer do Steam Deck, Greg Coomer, ao PC Gamer.

Para solucionar os problemas de compatibilidade do sistema, a Valve está trabalhando com a AMD — fabricante da APU Zen 2/RDNA 2 do Steam Deck — para incluir o suporte ao chip TPM no PC portátil. “É também uma conversa que estamos tendo com a AMD para garantir que, em nível de BIOS, possamos acomodar isso. Portanto, ainda não tem nada que nos indique que haverá algum problema com o Windows 11”, completou Coomer.

Steam Deck deve rodar todos os jogos do Steam

Vale mencionar que, para a Valve, a experiência ideal é usar o Steam Deck com o Steam OS. Toda a interface e as funções do sistema foram desenvolvidas com o PC portátil em mente. Enquanto isso, mesmo podendo ser instalados no dispositivo, tanto o Windows 10 quanto o 11 vão rodar emulados, o que pode causar bugs.

Além disso, a Valve prometeu fazer com que todos os jogos disponíveis no Steam rodassem no Steam Deck logo no lançamento. Como o Steam OS é baseado em Linux, alguns títulos estão sendo adaptados no Proton para funcionarem sem problemas. Se a empresa cumprir essa promessa, não será preciso se preocupar em trocar o sistema operacional tão cedo.

Com informações: PC Gamer, Gizmodo.

Valve quer que Steam Deck rode Windows 11 sem problemas do TPM

- Advertisment -spot_img

Ultimas Notícias