terça-feira, dezembro 7, 2021
spot_img
HomeGamesSteam Deck vai rodar novo SteamOS baseado no Arch Linux em vez...

Steam Deck vai rodar novo SteamOS baseado no Arch Linux em vez de Debian

A Valve vai voltar ao mercado de hardware com seu Steam Deck. O console portátil vai rodar SteamOS de fábrica, mas com uma mudança: a nova atualização usará o Arch Linux como base, não o Debian.

Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)
Steam Deck (Imagem: Divulgação/Valve)

O site Ars Technica publicou uma análise sobre essa mudança. O site explica que o Debian é uma distribuição mais previsível e estável, pensada em fazer o PC de um usuário comum funcionar sem grandes problemas.

Por outro lado, o Arch Linux é mais enxuto e permite mais customizações, além de ter um ciclo de atualizações mais rápido e com mais novidades.

Usar uma base que permita fazer grandes mudanças é mais interessante para a Valve, já que o Steam Deck – com tela embutida, joystick e sem teclado e mouse — passa longe de ser um PC típico.

O Arch Linux pode não ser a melhor opção para quem não entende muito do assunto e quer só que seu computador funcione. No entanto, tendo a Valve para resolver essas questões e entregar uma experiência completa, tudo tende a funcionar melhor.

Steam Deck quer rodar todos os jogos em Linux

A decisão por usar Linux e não Windows também tem seus motivos: evitar a concorrência da Microsoft Store e, principalmente, reduzir custos ao optar por um sistema de código aberto. Não é a primeira vez que a companhia faz isso, aliás: as Steam Machines de 2015 já rodavam o SteamOS.

Por outro lado, o Windows é o melhor sistema para quem quer jogar no PC. A Valve dará a opção de instalar a plataforma da Microsoft, mas ressalta que a melhor experiência de uso é mesmo com o SteamOS.

A Valve promete que todo o acervo estará disponível em seu Steam Deck rodando a no mínimo 30 fps. Como analisa o Ars Technica, só algo entre 20% e 25% dos títulos da loja têm versões nativas para Linux – felizmente, isso inclui alguns títulos AAA.

O site estima que outros 26% são jogáveis usando o Proton, que “traduz” os jogos de Windows para Linux, mas nem todos rodam a contento.

Portanto, a Valve ainda vai ter trabalho para adaptar seu sistema para rodar tudo que ela mesma vende. A escolha do Arch Linux parece fazer sentido.

O Steam Deck, console portátil baseado em PC, deve chegar aos consumidores no fim de 2021. O preço no exterior é de US$ 399.

Com informações: Ars Technica

Steam Deck vai rodar novo SteamOS baseado no Arch Linux em vez de Debian

- Advertisment -spot_img

Ultimas Notícias