domingo, dezembro 5, 2021
spot_img
HomeGamesProdução de chips de iPhone 13 e MacBook é atingida por contaminação...

Produção de chips de iPhone 13 e MacBook é atingida por contaminação de gás

A fábrica de fundição de semicondutores mais importante da TSMC, responsável por produzir chips para a futura geração de aparelhos da Apple — o iPhone 13 e próximos MacBooks — foi atingida por contaminação de gás, usado na linha de produção dos componentes de silício da empresa.

Chip Apple M1 (imagem: reprodução/Apple)

Chip Apple M1, que também é produzido na fábrica da TSMC (Imagem: Apple/Divulgação)

Local é responsável por produção de chips M1, M2 e A15

A instalação é conhecida como “Fab 18” e é a fábrica mais importante da TSMC, taiwanesa que produz todos os chips de aparelhos da Apple: iPhone, Mac e iPad.

Na noite de quinta-feira (30), uma fiscalização apontou que o gás usado para produzir os chips de silício da empresa estava contaminado.

A linha de produção afetada pela contaminação produz os chips da futura geração dos aparelhos da Apple, como o M1X, que estará presente no lançamento do próximo MacBook Pro ainda este ano, e o sucessor direto do M1, o M2, que deve ser implementado na geração seguinte do MacBook Air. Outro chip que é fabricado no mesmo lugar é o A15, futuro processador do iPhone 13.

A TSMC disse, em entrevista à Nikkei Ásia, que “algumas das linhas de produção” da empresa, localizadas no South Taiwan Science Park, receberam gases de fornecedores que podem estar contaminados, mas que estes foram “rapidamente substituídos por um lote novo de gases”. Funcionários que foram dispensados mais cedo tiveram de voltar ao local para apaziguar a situação.

A companhia reiterou que está monitorando a retomada das atividades da fábrica para verificar se algum produto teve sua qualidade comprometida pela contaminação. Mas ela afirmou que “não houve impacto significativo” na produção. Fontes ouvidas pela Nikkei afirmam que o vazamento afetou os chips da Apple de maneira “limitada”.

Em abril, a TSMC prometeu investir mais de US$ 100 bilhões para acelerar a produção de chips, que vem passando por uma escassez global que prejudica empresas como a Apple.

Apple prepara lançamento do iPhone 13 para setembro

Durante a divulgação de resultados do 3º trimestre, o presidente da Apple, Tim Cook, ao lado do diretor financeiro Luca Maestri, explicaram que a escassez de chips poderia diminuir os estoques do iPhone 13 e do novo MacBook. Os aparelhos podem já lançar com uma quantidade limitada quando comparada a estreias anteriores.

Portanto, o momento do incidente é inoportuno: já em agosto, a Apple finaliza a produção de todos os chips dos novos lançamentos, e termina de montar os aparelhos até o final do mês.

O cronograma de lançamento do iPhone 13 está dentro do padrão da Apple, marcado para setembro. A companhia não se pronunciou sobre a contaminação, e nem se ela vai atrasar os planos da empresa.

Os novos MacBooks Pro devem ser lançados junto com o iPhone, em setembro, ou em lançamento separado no mês de outubro.

Com informações: MacRummors

Produção de chips de iPhone 13 e MacBook é atingida por contaminação de gás

- Advertisment -spot_img

Ultimas Notícias