quarta-feira, setembro 22, 2021
Home Games Kindle vai perder acesso a redes 3G a partir de dezembro nos...

Kindle vai perder acesso a redes 3G a partir de dezembro nos EUA

O Kindle da Amazon é sem dúvida o dispositivo mais icônico para a leitura de e-books e favorito entre os leitores. Porém, é necessária conexão com a internet para realizar o download desses livros, o que alguns modelos mais antigos sem conectividade WiFi vão perder a partir de dezembro de 2021 diante do desligamento de redes 3G nos Estados Unidos.

Alguns modelos Kindle perderão totalmente o acesso a internet nos EUA até o final de 2021 (Imagem: Felipe Pelaquim/Unsplash)

Alguns modelos Kindle perderão totalmente o acesso à internet nos EUA até o final de 2021 (Imagem: Felipe Pelaquim/Unsplash)

Por mais que ainda exista a possibilidade de se conectar um Kindle via USB para transferir e-books, alguns modelos vendidos nos Estados Unidos contam apenas com conectividade 3G para acessar a internet e realizar diretamente o download dos livros. Porém, a rede 3G é considerada ultrapassada, principalmente em países onde a vasta maioria dos dispositivos tem ao menos acesso ao 4G.

Os aparelhos Kindle possuem acesso gratuito a redes 3G, como uma comodidade oferecida pela Amazon, que fecha contratos com operadoras para fornecer internet através de um chip embutido no aparelho.

As operadoras americanas vão desligar suas coberturas 3G em cronogramas diferentes a partir do ano que vem. Por isso, a Amazon emitiu um aviso para seus usuários que seus dispositivos Kindle começarão a perder acesso à internet a partir de dezembro de 2021, mesmo que algumas operadoras ainda mantenham o serviço por um pouco mais de tempo.

Kindles antigos vão ficar desconectados

O desligamento não vai afetar duramente modelos como o Kindle Touch de quarta geração e o Kindle Oasis de oitava geração, que ainda conseguirão baixar livros diretamente da Internet por meio do WiFi. Entretanto, os modelos básicos de primeira e segunda geração, juntamente ao Kindle DX de segunda geração, vão perder por completo sua conectividade no país.

No Brasil, nada vai mudar até então. Operadoras ainda mantêm sua cobertura 3G e modelos vendidos por aqui que possuem essa conectividade móvel, como o Kindle Paperwhite, seguem funcionando normalmente.

Nos Estados Unidos, o Kindle da Amazon não é o único aparelho que está enfrentando dificuldades com o encerramento do 3G. Até mesmo alguns dispositivos mais modernos dependem dessa internet móvel para se conectar. Portanto, outras empresas deverão seguir o mesmo exemplo da Amazon em breve.

Com informações: The Verge

Kindle vai perder acesso a redes 3G a partir de dezembro nos EUA

- Advertisment -

Ultimas Notícias