segunda-feira, junho 14, 2021
Home Games Cabify, rival da Uber e 99, desiste de operações no Brasil

Cabify, rival da Uber e 99, desiste de operações no Brasil

14 de junho de 2021 será o último dia de operação do Cabify no Brasil. Rival do Uber e 99, o serviço começou a enviar e-mails a seus clientes nesta sexta-feira (23) para comunicar a decisão. A crise socioeconômica causada pela pandemia de COVID-19 é apontada pela companhia como principal fator para a desistência das operações no país.

App do Cabify (imagem: divulgação/Cabify)

App do Cabify (imagem: divulgação/Cabify)

O Cabify foi fundado em 2011, na Espanha, e nos anos seguintes expandiu sua atuação para a América Latina. No Brasil, a companhia estreou seu serviço em junho de 2016 com uma estratégia ousada: ao contrário da Uber, a companhia não cobrava tarifa dinâmica e tarifava somente o quilômetro percorrido, independentemente do tempo gasto.

A estreia foi feita em São Paulo (SP), mas, nos meses seguintes, o Cabify passou a atuar também em Brasília, Belo Horizonte (MG), Campinas (SP), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Santos (SP).

Aos poucos, o Cabify pretendia levar as suas operações para todas as capitais brasileiras, mas esse plano nunca se concretizou. Na verdade, o Cabify não expandiu suas operações nem nas cidades em que atua, pois, com o passar do tempo, preferiu focar suas atividades em regiões com predomínio de atividades empresariais.

Em São Paulo, por exemplo, (ainda) é possível pedir uma corrida via Cabify apenas no chamado centro expandido.

Em 2017, o Cabify anunciou uma fusão com a Easy (antes, Easy Taxi), o que permitiu ao serviço atender áreas não cobertas de modo indireto com táxis. Mas isso pouco ou nada contribuiu para o serviço ganhar relevância como marca.

Ainda em 2017, o Cabify adotou a tarifa dinâmica e, com isso, perdeu um dos únicos diferenciais que tinha em relação à Uber.

A soma desses fatores dificultou a popularização do Cabify no Brasil. Mas o que pesou na decisão da empresa de sair do país são os efeitos da pandemia.

Em nota, a companhia explica que “o mercado brasileiro ainda é muito afetado pela grave situação sanitária do país e pela crise sócioeconômica local causada pela COVID-19. Este contexto dificulta a criação de valor e tem levado a empresa a parar sua operação no Brasil”.

No Twiter, a companhia soltou a seguinte mensagem:

Depois de tantos anos nos movendo, no próximo dia 14 de junho deixaremos de operar no Brasil. Obrigado por tudo, e mesmo que não os levamos mais de Cabify, os levaremos para sempre no [emoji de coração]. Nos vemos nos países onde ainda operamos o serviço.

Além dos usuários, motoristas e empresas parceiras já estão sendo avisados da decisão.

Cabify, rival da Uber e 99, desiste de operações no Brasil

- Advertisment -

Ultimas Notícias