segunda-feira, junho 14, 2021
Home Games Bitcoin bate novo recorde e se torna maior que bolsa de valores...

Bitcoin bate novo recorde e se torna maior que bolsa de valores do Brasil

Após semanas estagnado, o bitcoin (BTC) finalmente cruzou os US$ 60 mil e atingiu um novo recorde de preço nesta terça-feira (13). A criptomoeda registrou seu maior valor de mercado até hoje, valendo US$ 1,19 trilhão, mais do que todas as empresas listadas na B3, bolsa de valores do Brasil. A notícia impulsionou o preço do ether (ETH), que também atingiu uma nova máxima histórica.

Bitcoin supera bolsa de valores brasileira em valor de mercado (Imagem: BitCongress/Flickr)

Bitcoin supera bolsa de valores brasileira em valor de mercado (Imagem: BitCongress/Flickr)

Entrada da Coinbase na bolsa de valores impulsiona BTC

O bitcoin registrou o preço recorde de US$ 63,7 mil após passar por uma valorização de 5,2% de ontem para hoje, de acordo com o índice CoinDesk. A principal razão para isso é a grande expectativa do mercado para a abertura de capital da Coinbase, maior exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, que acontecerá nesta quarta-feira (14).

A corretora terá ações negociadas na bolsa de valores Nasdaq, uma notícia extremamente importante para todo o setor, que se encontra cada vez mais legitimado pelas instituições financeiras tradicionais.

Bitcoin supera bolsa brasileira em valor de mercado

De acordo com dados da B3, a bolsa de valores brasileira, todas as empresas listadas capitalizam hoje o total de US$ 922 bilhões, enquanto o bitcoin atingiu o seu maior valor de mercado da história, valendo US$ 1,19 trilhão. Conforme aponta o CoinMarketCap, a criptomoeda também representa 54% de todo o setor cripto.

Valor de mercado do bitcoin atinge novo recorde (Imagem: Reprodução/CoinMarketCap)

Valor de mercado do bitcoin atinge novo recorde (Imagem: Reprodução/CoinMarketCap)

A maioria das empresas de capital aberto na bolsa brasileira vem sofrendo desde o início da pandemia de COVID-19. No primeiro trimestre de 2020, a lista da B3 perdeu cerca de US$ 330 bilhões em valor de mercado. Esse prejuízo foi recuperado ao longo do ano passado, mas ainda assim o primeiro resultado trimestral de 2021 também foi negativo, com queda de US$ 16 bilhões, de acordo com o G1.

Bitcoin acumula 117% de valorização em 2021

Somente neste ano, o bitcoin já acumula uma valorização de 117%, impulsionado pela crescente demanda institucional. A Tesla e a Microstrategy, por exemplo, realizaram compras bilionárias do criptoativo ao longo de 2021. Neste momento, a moeda digital é escassa enquanto há muita procura.

Além disso, a integração do bitcoin no sistema de pagamentos global também é outro fator que fez a criptomoeda se valorizar ao longo dos meses. O PayPal anunciou no final de março o sistema “Checkout with Crypto”, que permite realizar compras usando criptomoedas. A Visa e a Mastercard também avançam no suporte a transações com moedas digitais.

Ether é impulsionado pela alta do bitcoin

O ether (ETH), criptomoeda nativa da Ethereum e segunda maior do mercado, também atingiu novos recordes de preço nesta terça-feira. A moeda digital subiu mais de 7% nas últimas 24 horas, superando os US$ 2.300.

Com informações: G1, CoinDesk

Bitcoin bate novo recorde e se torna maior que bolsa de valores do Brasil

- Advertisment -

Ultimas Notícias