sexta-feira, junho 18, 2021
Home Games Banco central do Japão começa testes do iene digital

Banco central do Japão começa testes do iene digital

Nesta segunda-feira (05), o Banco do Japão (BoJ) anunciou o início do testes da sua CBDC (moeda digital do banco central). O período experimental se estenderá até março de 2022 a fim de explorar a viabilidade técnica de um iene digital operando em uma fase de Prova de Conceito (PoC). Assim, o governo japonês deverá coletar dados suficientes para determinar se vão ou não prosseguir com uma criptomoeda estatal.

Iene digital entra em primeira fase de testes no Japão (Imagem: Tamaki Sono/Flickr)

Iene digital entra em primeira fase de testes no Japão (Imagem: Tamaki Sono/Flickr)

O anúncio foi feito através da publicação de um curto comunicado. “O Banco do Japão está se preparando para iniciar experimentos com uma moeda digital do banco central (CBDC) no início do ano fiscal de 2021 para testar a viabilidade técnica das principais funções e recursos necessários para uma CBDC”, disse o documento.

Os preparativos iniciais foram concluídos e com isso o governo japonês começará o desenvolvimento de um ambiente teste para um protótipo de CBDC. Os experimentos serão sobre funções básicas de uma moeda de troca, como emissão, distribuição, resgate e com ênfase nos pagamentos.

Japão é um dos países mais avançados em sua CBDC

A trajetória do Japão na criação de um possível iene digital começou há seis meses, quando o banco central japonês publicou um documento descrevendo três estágios de testes para o desenvolvimento de uma CBDC. São duas fases de Prova de Conceito, a primeira começando agora, e por último a circulação de uma moeda piloto.

Já em meados de março, Haruhiko Kuroda, presidente do Banco do Japão, voltou a falar sobre o tema. Segundo ele, as necessidades do país na criação de uma criptomoeda estatal são um pouco diferentes das de outros países. O foco de um iene digital seria principalmente para pagamentos, que mesmo que sejam digitais, também devem possibilitar transações offline, tendo em vista o histórico de desastres naturais da região.

No dia 26 de março, o governo japonês anunciou a criação de um comitê especial para reunir instituições financeiras privadas e estatais para compartilhar os avanços de sua primeira Prova de Conceito que começa agora. Além disso, o grupo deverá recolher conselhos e ouvir as demandas do mercado.

Em comunicado, o Banco do Japão disse: “Através deste comitê, compartilharemos detalhes e providenciaremos atualizações sobre a PoC de CBDC com o setor privado e governamental. Também buscaremos conselhos sobre os próximos passos para atingir uma primeira implementação mais suave”.

China testa piloto de iuan digital

Carteiras digitais começam a ser testadas em bancos estatais chineses para receber CBDC (Imagem: Adrian Korte/Flickr)

Carteiras digitais começam a ser testadas em bancos estatais chineses para receber CBDC (Imagem: Adrian Korte/Flickr)

Enquanto o Japão faz parte do grupo de países mais próximo da criação de uma criptomoeda estatal, a China é a líder mundial. As etapas que os japoneses agora começam já foram realizadas pelo governo chinês, que no momento testa uma segunda leva de um piloto de iuan digital.

No dia 23 de março, o Banco Popular da China (PBC) revelou que seis bancos estatais começaram a testar serviços de carteiras digitais para armazenar sua CBDC. Desde então, clientes interessados podem se cadastrar para participar da fase beta.

A China também vem testando sua CBDC nos centros metropolitanos de Pequim, Shenzhen, Suzhou e Chengdu desde outubro de 2020 através de eventos e distribuições pontuais do iuan digital. No final de janeiro, US$ 3 milhões foram distribuídos na criptomoeda estatal através de loterias festivas como parte de uma estratégia de testes práticos enquanto também se divulga a nova moeda digital do banco central chinês.

China propõe regulamentação global para CBDCs

Mais recentemente, o governo da China falou durante uma conferência promovida pelo Banco de Compensações Institucionais (BIS) sobre a necessidade de uma regulamentação mundial para CBDCs. Segundo o oficial do banco central chinês, Mu Changchun, todas as maiores economias do mundo devem trabalhar juntas para estabelecer regras globais.

Para ele, a “interoperabilidade deve ser implementada entre sistemas de criptomoedas de bancos centrais”. Dessa maneira, uma estrutura de pagamentos internacionais mais simples e com menos taxas poderia ser criado em um futuro próximo.

Com informações: The Block

Banco central do Japão começa testes do iene digital

- Advertisment -

Ultimas Notícias