terça-feira, dezembro 7, 2021
spot_img
HomeGamesCarteira digital do Facebook, Novi está “pronta para chegar ao mercado”

Carteira digital do Facebook, Novi está “pronta para chegar ao mercado”

Aparentemente, o Facebook já está pronto para lançar sua carteira digital Novi, conforme o diretor do setor de criptomoedas da rede social David Marcus. Segundo o executivo, a funcionalidade será integrada aos aplicativos do Facebook, garantindo também que está “pronta para chegar ao mercado”, com licenças e aprovações regulatórios em praticamente todos os estados dos EUA.

Facebook App (Imagem: Gerd Altmann/Pixabay)
Facebook App (Imagem: Gerd Altmann/Pixabay)

Facebook quer entrar na indústria de pagamentos

A carteira digital do Facebook, batizada de Novi, ofereceria pagamentos gratuitos de pessoa para pessoa, tanto em território nacional quanto internacionalmente, segundo Marcus em uma postagem no Medium. Ele também descreveu a empresa como uma “novo concorrente na indústria de pagamentos”. 

De acordo com o chefe de departamento, o Facebook também seria capaz de oferecer “pagamentos mais baratos para empresas” por meio do Novi, ao mesmo tempo em que potencializaria o lucro de serviços comerciais, uma vez que a rede tem uma “base de clientes significativa”. 

“Podemos então diversificar e oferecer uma variedade de outros serviços financeiros em parceria com nomes respeitados e bem regulamentados, expandindo nossas operações a partir daí”, acrescentou. O Facebook, porém, não deu mais detalhes sobre o momento preciso de um lançamento.

Criptomoeda Diem pode estar mais próxima

Com o lançamento da carteira digital, uma possível implementação do Diem se torna mais concreta. Marcus, que atualmente chefia o braço de serviços financeiros do Facebook, é um dos co-criadores da criptomoeda Diem, um projeto anunciado em ainda 2019 e que inicialmente buscava criar uma criptomoeda para transações em nível mundial. Seu nome original era Libra, mas foi alvo de tantas polêmicas e constantemente associada à imagem do Facebook que o grupo de 26 empresas se viu obrigado a renomeá-la.

Criptomoedas (imagem:WorldSpectrum/Pixabay)
Criptomoedas (imagem:WorldSpectrum/Pixabay)

No entanto, ainda há preocupações regulatórias sobre essa criptomoeda. Muitos órgãos reguladores de todo o mundo não estão aceitando muito bem o lançamento de uma moeda digital privada com capacidade global. Assim, muitos governos poderiam perder a soberania monetária de suas próprias moedas dentro de seus próprios países. Por isso, o Diem reduziu drasticamente suas ambições para se concentrar em se tornar uma stablecoin lastreada no dólar americano.

Em seu post, Marcus argumentou que as stablecoins e suas carteiras digitais podem detectar atividades ilícitas de forma “mais eficaz” do que o sistema financeiro tradicional, pois permitem a implementação de formas de controle e monitoramento adicionais.

Ele também abordou as preocupações sobre as reservas que lastreiam essas moedas, argumentando que uma stablecoin ideal é a que “sempre mantém reservas 1:1 em dinheiro tradicional, armazenadas em bancos dos EUA e títulos do Tesouro de curtíssimo prazo, com o emissor mantendo capital como reserva”. 

Isso poderia oferecer uma “melhor proteção ao consumidor do que um saldo em moeda fiduciária mantido em qualquer carteira disponível nos EUA agora”. Marcus também rejeitou as críticas aos planos de moeda digital do Facebook como “profundamente antiamericanos” e disse: “Acredito que merecemos uma chance justa”.

Com informações: Financial Times

Carteira digital do Facebook, Novi está “pronta para chegar ao mercado”

- Advertisment -spot_img

Ultimas Notícias