domingo, dezembro 5, 2021
spot_img
HomeGamesAndroid 12: os novos recursos e os celulares com atualização garantida

Android 12: os novos recursos e os celulares com atualização garantida

O Android 12 está em fase beta, mas já atingiu um status mais próximo da estabilidade com o Android 12 Beta 4, no dia 11 de agosto. O lançamento de sua versão final deve acontecer entre setembro e outubro de 2021. O sucessor do Android 11 traz novidades em design, com a adoção do Material You, e também foca em recursos de privacidade. A atualização deve chegar para smartphones recentes da Samsung, Motorola, Xiaomi e outras fabricantes, com maior frequência esperada para a partir de 2022.

Android 12 (Imagem: Divulgação / Google)

Android 12 (Imagem: Divulgação / Google)

Quais são as novidades em recursos no Android 12?

Privacidade em foco

O Android 12 foi apresentado pelo Google durante o I/O 2021. Na ocasião, a empresa citou alguns recursos de privacidade que vão aparecer no novo sistema, incluindo o novo Painel de Privacidade, que exibe de forma mais clara as permissões que um aplicativo tem para acessar cada tipo de dado ou função do seu dispositivo.

O painel chegou ao Android 12 Beta 2, e já pode ser usado por quem participa do programa de testes. A versão também trouxe os indicadores de microfone e câmera ativos, que permitem identificar em tempo real quando um aplicativo está usando estes recursos, e botões para desabilitar rapidamente o acesso dos apps a estas features.

Painel de privacidade do Android 12 (Imagem: Reprodução/Google)

Painel de privacidade do Android 12 (Imagem: Reprodução/Google)

Outro recurso de privacidade do Android 12 é a notificação de leitura na área de transferência, que permite saber quando um software está lendo o conteúdo armazenado. Assim como no iOS, você poderá escolher quais aplicativos usam sua localização precisa e quais receberão sua localização aproximada.

Design Material You se adapta a você

A interface com Material You promete se adaptar ao seu estilo, seja ele qual for, sendo “acessível para todas as necessidades e adaptáveis para cada tela”. Os elementos do sistema poderão trocar de cor de acordo com o seu papel de parede, usando tons complementares. Além disso, os controles rápidos estão maiores e personalizáveis.

Navegar pelo sistema promete ser uma experiência mais fluida, com novas animações que se adaptam ao espaço disponível na tela. Por exemplo, ao marcar todas as notificações na tela de bloqueio com lidas, o relógio vai aumentar de tamanho para deixar claro que não há mais nada para ver ali.

Widgets no Android 12 (Imagem: Divulgação / Google)

Widgets no Android 12 (Imagem: Divulgação / Google)

Outra possibilidade: quando o celular for colocado para recarga de bateria, uma nova animação circular será exibida. Se a recarga for feita com cabo, o círculo surgirá no centro da tela; se por indução (sem fio), o efeito de círculo começará na borda inferior e seguirá para cima.

O Google também vai dar mais atenção para os widgets, implementando novos controles interativos, incluindo caixas de seleção e botões de rádio. Algo que deve ficar de fora é a personalização de fontes e ícones de Wi-Fi, possível até o Android 11. Sobre o assunto, a empresa explicou o seguinte:

“Os recursos de estilo personalizado (fonte, formato do ícone, pacote de ícones e cor de destaque) no Android 11 estão sendo substituídos pelo novo recurso de tema dinâmico que estamos introduzindo no Android 12. Vemos o novo recurso de tema dinâmico como mais moderno e inteligente. Uma experiência simples e agradável que esperamos que todos os usuários possam desfrutar.”

Google Assistente

O Google Assistente também promete ficar mais útil. No Android 12 Beta 1, o software trouxe maior integração com aplicativos de terceiros para receber comandos, como dar play em reprodutores de música. Com a função de atalhos no assistente, será possível realizar as mais diversas ações em apps, como pedir almoço em um app de delivery.

Widgets de terceiros também estarão mais integrados ao Google Assistente para a extração de informações sem precisar abrir o app principal.

Jogos no Android 12

Gamers de plantão podem comemorar esse novo recurso: o Android 12 permitirá aos usuários reproduzir títulos mesmo que todo o download ainda não tenha sido concluído. Além disso, o sistema terá um painel com ferramentas que prometem ajudar a melhorar a experiência e o desempenho com jogos.

“Os usuários querem começar a jogar imediatamente, mas conforme a qualidade do jogo continua melhorando, seu tamanho aumenta, levando a downloads longos e enfadonhos”, explicou o Google.

Comparativo entre celular sem "jogue enquanto você baixa" (esquerda) e com o recurso (direita) (Imagem: Reprodução/XDA-Developers)

Comparativo entre celular sem “jogue enquanto você baixa” (esquerda) e com o recurso (direita) (Imagem: Reprodução/XDA-Developers)

Nova configuração de redes, apps que hibernam e mais funções

Para facilitar o gerenciamento de conexões, o Android 12 tem um painel de Internet que permite alternar facilmente entre operadoras e redes Wi-Fi, já liberado no Android 12 Beta 4. As opções podem ser acessadas a partir da central de configurações rápidas, por meio de um pop-up.

Android 12 tem painel rápido para configuração de rede (Imagem: Reprodução/Google)

Android 12 tem painel rápido para configuração de rede (Imagem: Reprodução/Google)

Para poupar o armazenamento do seu smartphone, o Android 12 também permitirá hibernar aplicativos pouco usados (e programas sem uso há muito tempo poderão entrar em hibernação automaticamente). Desse modo, arquivos temporários são eliminados e também há menor risco de problemas com segurança.

Uma boa notícia para desenvolvedores (e também para usuários, é claro), é que o Android 12 está facilitando o uso de lojas de aplicativos alternativas. O recurso conhecido como “setRequireUserAction” indica se a ação do usuário será necessária ou não para iniciar a instalação de um pacote.

Ao habilitá-lo, uma loja de apps poderá atualizar um aplicativo sem precisar de confirmações. Os requisitos são que o usuário conceda permissão à plataforma a permissão para a instalação de aplicativos de fontes desconhecidas, e que o app esteja de acordo com o novo método do sistema, usando API de nível 29 (Android 10) ou superior.

Alguns problemas do Google Fotos também devem ser corrigidos com a nova versão do OS. O primeiro é que capturas de tela não serão mais enviadas automaticamente para a nuvem, e imagens poderão ser apagadas sem que o usuário precise responder se a ação deve continuar ou não.

O Android 12 Beta 3 revelou ainda a possibilidade de tirar prints de uma página inteira, incluindo partes ocultas — algo semelhante ao que já existe em celulares da Samsung e também no iPhone. A nova versão de testes também trouxe melhorias para rotação de tela automática e para a busca do sistema.

Nova ferramenta para captura de tela do Android 12 (Imagem: Reprodução/Google)

Nova ferramenta para captura de tela do Android 12 (Imagem: Reprodução/Google)

O Google afirma ter reduzido em 22% o tempo de CPU necessário para os serviços principais do sistema. E para poupar a bateria do celular, o Android 12 também usa 15% menos os núcleos de tarefas pesadas, que consomem mais energia.

Quais celulares vão receber o Android 12?

Diversas fabricantes já garantiram a atualização do Android 12 para seus celulares recentes. Via de regra, grande parte dos modelos lançados nos últimos dois anos deve receber o update quando for liberado a todos pelo Google.

A Samsung tem a melhor política de atualizações no momento — aparelhos das linhas Galaxy A e S, como o Galaxy A51, Galaxy A72, Galaxy S10 e Galaxy S20 já foram confirmados como compatíveis com o novo OS. Até celulares como o Galaxy A01 e A11 entram na lista, apesar de esse ser provavelmente seu último update de versão. A Samsung também confirmou que está preparando a One UI 4 Beta, versão de testes da interface baseada no Android 12, que estará disponível “em breve” primeiro para smartphones da família Galaxy S21.

Por outro lado, alguns modelos baratos da Motorola, como o Moto G10, não têm garantia de atualização de versão do Android. O Moto G60, no entanto, tem atualização garantida. Teremos que esperar a confirmação da Motorola quanto a outros celulares mais antigos.

A Xiaomi vai atualizar diversos dispositivos da linha Mi 10, Mi 11, Redmi Note 9, Redmi Note 10 e Poco, mas com base no histórico da fabricante, os modelos intermediários podem demorar para receber o update.

A lista de celulares que já têm direito ao Android 12 Beta é a seguinte:

  • Asus Zenfone 8 (ZS590KS)
  • Google Pixel 3, 3 XL, 3a, 3a XL, 4, 4 XL, 4a, 4a (5G), 5
  • Nokia X20
  • OnePlus 9 e 9 Pro
  • Oppo Find X3 Pro (CPH2173)
  • Realme GT
  • Sharp Aquos R6
  • TCL 20 Pro 5G
  • Tecno Camon 17
  • Vivo iQOO 7 Legend
  • Xiaomi Mi 11, Mi 11 Ultra, Mi 11i e Mi 11X Pro
  • ZTE Axon 30 Ultra 5G (China)

Provavelmente todos esses devem receber acesso rápido à versão final do Android 12 — sendo os Pixel prioridade, é claro.

Para saber como baixar o Android 12 Beta, você deve seguir as orientações na página oficial do Google, por meio deste link, de acordo com a marca do seu smartphone.

Android 12: os novos recursos e os celulares com atualização garantida

- Advertisment -spot_img

Ultimas Notícias